sexta-feira , 24 de maio de 2019
Promoções
Início / Rádio/Notícia / Tupã e mais 17 cidades da região oeste estão em situação de risco de infestação do Aedes

Tupã e mais 17 cidades da região oeste estão em situação de risco de infestação do Aedes

O Ministério da Saúde divulgou um balanço da infestação do mosquito Aedes Aegypti e os dados são preocupantes no Centro-Oeste Paulista. Quinze cidades estão em risco do aumento de casos de dengue, zika e chicungunya.

 

O novo Levantamento Rápido de Índices de Infestação pelo Aedes Aegypti (LIRAa) também mostrou que no estado de São Paulo, são 208 cidades em situação de alerta e 42 em risco.

E na região, Avaí é a cidade com o pior índice – 10,3. Para ser satisfatório esse número deve ser menor que 1.

 

No entanto, a Secretaria de Saúde de Avaí contesta o dado divulgado pelo Ministério da Saúde. Segundo a responsável pela pasta, o funcionário responsável pelo levantamento recolheu amostras de um mesmo local da cidade, o que teria dado esse resultado.

Disse também que essa informação foi repassada, no entanto, os dados foram divulgados sem considerar esse erro.

 

Para evitar a proliferação do mosquito, a recomendação de manter os quintais sempre limpos, não descatar lixo em terrenos e tomar todos os cuidados dentro de casa pra evitar a proliferação do mosquito transmissor dessas doenças.

 

Confira a lista das principais cidades:

Risco (Índice a partir de 4)

  1. Agudos – 5
  2. Arco-Íris – 10
  3. Avaí – 10,3 (pior índice do estado de SP)
  4. Cabrália Paulista – 4,4
  5. Cafelândia -4,7
  6. Cândido Mota – 4,9
  7. Gália – 5,4
  8. Guaimbê – 7,6
  9. Guarantã – 6,7
  10. Lupércio – 7,5
  11. Ocaúçu – 6,9
  12. Oscar Bressane – 4,1
  13. Pedrinhas Paulista – 4,1
  14. Pongaí – 6
  15. Ribeirão do Sul – 4,1
  16. Tupã – 5,8
  17. Ubirajara – 4
  18. Vera Cruz – 5,4

 

 

G1 – Bauru

Verifique também

Prefeitura de Tupã lança campanha do agasalho

A Campanha do Agasalho foi lançada oficialmente pela Prefeitura de Tupã nesta quarta-feira, dia 22, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *