domingo , 19 de agosto de 2018
Promoções
Início / Rádio/Destaque / Tupã, bela cidade

Tupã, bela cidade

Na última semana passei três dias na querida cidade de Tupã onde, como missão primeira, participei da solenidade de lançamento do livro “Instituição Casa dos Velhos – Uma história de lutas e perseverança”, realizada na Câmara Municipal de Tupã, com enorme sucesso. Compareci a programas dos canais de TV locais, encontrei amigos, velhos companheiros de jornadas políticas, almocei e jantei em restaurantes, em casa de amigos, encontrei pessoas ao longo da majestosa Avenida Tamoios. Um passeio irretocável a nos proporcionar, a mim e à esposa, enorme satisfação.
Nunca é demais testemunhar os predicados que fazem de Tupã uma cidade especial. Enfrenta alguns problemas, obviamente, mas tem benefícios que muitas outras não oferecem. Além dos ótimos índices de qualidade de vida, como baixa mortalidade infantil, água e esgoto tratados em todo o município, boa iluminação, arborização destacada, ruas pavimentadas, belas praças, assistência médica e odontológica, entidades assistenciais, culturais e recreativas, a estância conta com uma topografia no geral favorável às caminhadas ou mesmo aos deslocamentos a pé.
Curiosamente, na contramão de outras, a cidade de Tupã tem um centro de ruas amplas e avenidas que lhe dão ares de cidade moderna apesar de seu projeto urbanístico remontar ao início do século passado.  Entretanto, há que se reconhecer, seu crescimento não fez jus a essa postura avançada dos primeiros anos, pois não raro se deu através de ruas com apenas sete metros de largura, sem as devidas intersecções, com quarteirões irregulares, a dificultar a locomoção de veículos, inclusive de pedestres por conta de suas calçadas estreitas.
A ganância por mais lucros levou os loteadores de antanho a economizar nas vias públicas para aumentar o número de lotes a serem vendidos. A falta de legislação a respeito ensejou que autoridades da época, desatentas, deferissem tais plantas acanhadas, impróprias às necessidades do futuro.
Mas, ainda assim, Tupã é uma cidade especial, cuja beleza e predicados são deveras reconhecidos quando, após nela residir por décadas, vai-se viver em outras paragens, sobretudo em antigas cidades, cujos centros são cortados por vielas ou ruas tortuosas, sem avenidas, com antigas construções, nem sempre bem conservadas. Em nossa terrinha predominam construções de arquitetura recente, imponentes, que lhe atribuem um jeito alegre, jovial e progressista.
Prazer enorme voltar a Tupã, também neste ano que, de brinde, ofereceu-nos dias de temperaturas amenas, deferência que não é fácil merecer nessa região em que o sol costuma ser inclemente e a brisa misteriosa, pois desaparece sem dar explicações.
Obrigado terrinha. A seu regaço voltaremos sempre que possível, pois os filhos, por mais longe que estejam, sonham com frequência rever a casa materna e todos que, sortudos, ainda a habitam.
Jesus Guimarães

Verifique também

3ª Corrida e Caminhada UNESP TUPÃ

Dia 25 de agosto acontece a 3ª Corrida e Caminhada – Unesp/Tupã. O evento terá …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *