quarta-feira , 25 de novembro de 2020
Promoções
Início / Rádio/Destaque / Morre Lucas Macedo, a voz padrão do rádio de Presidente Prudente e região

Morre Lucas Macedo, a voz padrão do rádio de Presidente Prudente e região

Na noite desta segunda-feira (16), faleceu a voz padrão do rádio prudentino: o locutor, radialista, publicitário e jornalista Lucas Macedo, aos 68 anos.

Macedo estava internado no Hospital Regional de Presidente Prudente desde o dia 2 deste mês, quando contraiu o coronavírus na unidade e teve seu quadro de saúde agravado. Na última semana, os rins pararam de funcionar e, na sexta-feira (13), constatada a morte cerebral. Sem reversão, teve o óbito registrado nesta segunda.

“É com o coração apertado que comunico oficialmente o falecimento do meu pai. Agradecemos todas as orações. Deixará saudades”, publicou o filho, Alexandre Bavaresco, nas redes sociais.

O velório será no Cemiterio Campal (antigo Parque da Paz) nesta terça-feira (17), das 15h30 às 17h. Viúvo, Macedo deixa três filhos.

Voz padrão

Macedo começou no rádio apresentando um programa musical na Difusora AM de Regente Feijó em 21 de setembro de 1970. Antes, porém, teve que vencer a gagueira.

De família simples, trabalhou desde pequeno na lavoura, além de exercer o ofício de lenhador. Mas, foi no rádio que Macedo encontrou sua vocação: ser uma das vozes mais conhecidas de Prudente.

Após passagem de dois anos pela emissora regentense, Lucas Macedo trabalhou na extinta Rádio Piratininga de Prudente. Em seguida, foi contratado pela Rádio Prudente AM, onde permaneceu por 38 anos no comando do Jornal da Manhã.

Por 23 anos, foi a voz padrão da TV Band de Prudente, além de ter sua marca registrada em centenas de comerciais. Também atuou nos setores da propaganda e publicidade, sendo um dos maiores vendedores ao lado de Galileu Silva e Mauro Moraes, também falecidos.

“Que sensibilidade, que feeling… O cara gravava o comercial do supermercado ou da boutique de luxo com a mesma facilidade. Era a voz de Prudente. Era a voz da 101 FM, AM e da Band, onde dividimos o mesmo microfone. Dividimos não. Ele permitiu que eu dividisse  o mesmo espaço que ele, os mesmos estudios, os mesmos técnicos e a mesma frequência”, descreve o radialista Toninho Messias.

Versátil, simples e ‘amigo querido’

Para a jornalista Graziela Fernandes Todesco, o companheiro de bancada era um profissional versátil. “Eu iniciei no rádio em 2000. Em seguida, recebi o convite para integrar a equipe da Rádio Prudente AM. Lá, tive o prazer de dividir por quatro anos a bancada do Jornal da Manhã com o Lucas Macedo, que era um profissional versátil demais”, descreve.

“Tinha uma voz marcante. Dividir a bancada com ele me possibilitou um crescimento profissional muito grande porque aprendi muito com o Lucas Macedo. A característica dele era de muita humildade e simplicidade no trato com as pessoas, principalmente com aqueles que estavam iniciando a carreira”, relembra.

Graziela frisa a importância do profissional na história do rádio prudentino. “É uma notícia bastante triste para nós jornalistas e radialistas. Ele ajudou a noticiar os fatos que marcaram época na nossa cidade e região”, fala.

Perda irreparável 

Em nota, a Regional Oeste Paulista do Sindicato dos Jornalistas do Estado de São Paulo (SJSP) classifica o falecimento de Lucas Macedo como “perda irreparável”. “Referência no rádio prudentino, Lucas Macedo foi dono de uma voz forte e única. Fez história na Rádio Prudente AM e FM 101. Por 38 anos esteve apresentando o Jornal da Manhã, além de tantas outras atuações – como as coberturas de eleições”, cita a entidade.

“Versátil, eclético, profissional ímpar que levou à várias gerações a informação segura e imprescindível do cotidiano de nossa cidade e região. Atuou também na área comercial onde também fez grande diferença. Para os amigos e  companheiros de trabalho – ficará a lembrança  de  uma pessoa  muito querida que sempre animava a todos a sua volta”.

 

Fonte: Portal Prudentino 

Verifique também

PAT de Tupã conta com 60 vagas de emprego

O Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT) de Tupã está com 60 vagas disponíveis, sendo …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *